Imprimir
PDF

NOTA DE REPÚDIO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL E SOLIDARIEDADE AOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE SÃO PAULO

PROFESSORA AGREDIDAO SASP - Sindicato dos Advogados de São Paulo vem a público REPUDIAR a malfadada Reforma da Previdência em curso na Prefeitura de São Paulo (Projeto de Lei 621), que prejudicará milhares de Servidores Municipais, com aumento das alíquotas de contribuição para até 19% dos salários, representando um verdadeiro confisco na renda das trabalhadoras e trabalhadores. O governo tenta também criar um Regime de Previdência Complementar/Sampaprev, representando ainda mais confisco.


Não bastasse a violência legal que se quer perpetrar, nesta quarta-feira, 14 de Março de 2018 o governo e seus liderados na Câmara promovem um verdadeiro massacre, uma batalha campal contra os servidores que foram ao Legislativo protestar contra essa ignomínia.


Que todas as ações violentas da GCM de João Doria e toda a truculência da PM de Alckmin contra o povo paulistano sejam cessadas, apuradas, e os responsáveis punidos.

 

PROTESTAR NÃO É CRIME.

TODA SOLIDARIEDADE AO FUNCIONALISMO MUNICIPAL DE SÃO PAULO.

CONTRA AS REFORMAS DE DORIA E TEMER!

 

SASP - Sindicato dos Advogados de São Paulo

 

 

 


ASSISTA O VÍDEO DO MOMENTO EM QUE OS

PROFESSORES SÃO AGREDIDOS NA CÂMARA - CLIQUE AQUI!

 

 

 

VEJA OUTRA IMAGENS

 

WhatsApp Image 2018-03-14 at 15.13.36

 

WhatsApp Image 2018-03-14 at 16.57.23

 

 

beb659fb-f889-4d23-8b3b-a01cc3c1f127

 

2ff3db96-20e2-4758-ae8b-283f54495bf8

 

 

advogados sindicalizados

expressao popular uneafro grito dos excluidos assembleia popular