A Audiência de Conciliação realizada nesta tarde (25/05), no TRT em São Paulo, serviu apenas para que o Desembargador Wilson Fernandes apresentasse sua proposta de conciliação: reajuste de 7,21% (IPC-FIPE) + 1,5% de aumento real, totalizando 8,82%, com repasse para os benefícios.

Além disso, também propôs a manutenção do percentual de 98% de garantia no emprego.

Nova audiência foi marcada para a quarta-feira (03/06), no TRT, quando a empresa dirá se aceita a proposta do TRT e dará resposta aos demais itens da pauta, relacionados na reunião de 18/05.

Essa audiência foi consequência da ação proposta pela Sabesp (DISSÍDIO DE GREVE), contra os sindicatos, entre os quais o SASP. A empresa solicitou liminar para impedir a deflagração do movimento paredista, sendo que o Juiz optou em determinar o percentual de 70% de presença para os empregados vinculados com a prestação dos serviços essenciais, ou seja, em áreas de tratamento de água e esgoto.

Conforme decisão dos trabalhadores em 20 de maio, nova assembleia será realizada no dia 01 de junho, segunda-feira, na sede do SINTAEMA , quando então se definirão os rumos da campanha salarial 2015.

CETESB

Na Cetesb foram realizadas 3 rodadas de negociações com discussão da pauta nos itens sociais e sindical mas não foram apresentadas propostas para os itens economicos, que deverá acontecer na próxima reunião agendada para o 01 de junho as 10:30 hrs.

 

Vera Bueno

SASP