presos politicos palestinosPrisioneiros palestinos são rotineiramente torturados ou “desaparecidos”. Ficam anos presos para averiguações, aguardando processos acusatórios que nunca se extinguem ou que não “andam”. Vivem entrando em greve de fome, denunciadas para o mundo, mas, assim que o clamor passa, os prisioneiros voltam para o horror . Hoje já são mais de 6.500 presos palestinos sob custódia, sendo que cerca de hum milhão já foram detidos desde o estabelecimento do Estado de Israel.

Exigem o fim deste tratamento cruel e das políticas injustas que enfrentam nas prisões israelenses, querem o direito de visitação, a instalação de telefones, atendimento e cuidados médicos, fim do confinamento solitário e da detenção administrativa ( prisão com tempo indefinido, sem acusação ou julgamento).

Estarão debatendo a questão da Palestina, dos direitos humanos, os palestrantes :

NADER ALVES BUJAH –  RIO GRANDE DO SUL – Bacharel em direito pela Universidade Unisinos e Diploma do Pós Graduação em PolÍtica Internacional pela Universidade Católica do Rio Grande Do Sul. Presidente do Centro cultural palestino do Rio Grande do SUL e coordenador das RI do Comité da Palestina Democrática no BRASIL.

MARISTELA ROSÂNGELA DOS SANTOS PINHEIRO  – RIO DE JANEIRO – cientista política, mestrado em História, do Blog “Somos Todos Palestinos”.